Como ser simples?

É uma questão bem trabalhosa pensar e adquirir o hábito da simplicidade. Parece fácil, mas não é, principalmente num mundo cheio de opções e intervenções às nossas vontades e desejos.

Neste episódio: Entenda o que é ser como um bonsai, como não se prender à maldição do conhecimento e como olhar para o outro.

Tempo: 18 min. 20 seg.

ARTE DA CAPA: Lino Bertrand.

3 COMENTÁRIOS

  1. Muito bom áudio Lino! E o texto do Jung tbm. Mas fica a difícil tarefa de sermos simples, mas tbm um grande desafio. Só assim conseguiremos ajudar o outro em sua necessidade. Obrigada!

  2. Olá! Muito bom tema, a humanidade precisa vivenciar essa forma de vida, se despojar dos sentimentos arbitrários e mesquinhos que vem denegrido a humanidade e jogando o mundo no abismo das sombras. O maior conhecimento se encontra na simplicidade do saber usar a inteligência ainda que conceituada como a: “Habilidade de compreender ideias complexas, adapta-las eficientemente ao ambiente, aprender com a experiência, empenhar-se em diferentes formas de raciocínio, superar obstáculos através do pensamento”, mas tudo isso se não houver AMOR de nada valerá ser ou ter. Porque: “E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria”.1 Coríntios 13:2

    Gratidão Lino por me enviar essa mensagem.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here